TRILHOS DA RUA

Sinopse:

Fernando Livino de Carvalho foi um amante das letras e das artes. Pintor e escultor diletante, mas de talento, o poeta Fernando Livino de Carvalho teve publicados: Há sempre um amanhã, Sete baladas e Renúncia, peças de teatro, e Vitral, versos, deixando inéditos Alpercata amarela, teatro, e Trilhos da rua, poemas, que ora se publica por iniciativa de seus filhos e netos como uma forma a mais de eternizá-lo para seus descendentes.